Pequenas grandes viagens, Tailândia

Dos meus quase 4 anos viajando, até o momento, como mochileira, 2 deles foram na Asia. E a Tailândia foi o país em que eu mais fiquei, por vários motivos; visto, facilidade de viagem, ponto geográfico estratégico, única área de paraquedismo no sudeste asiático, cultura maravilhosa, e da pra continuar por uma longa lista ainda 🥰
O ponto é que eu passei um tempão por aqui, inclusive com alguns trabalhos fixos como professora de inglês.

Quando me ofereceram o trabalho eu fiquei meio em dúvida, tinha acabado de chegar na Tailândia, mas confesso que não demorou muito pra eu adorar a ideia, talvez por causa de uns “buckets” 😅, ou porque eu adorei a ideia de poder conhecer melhor a cultura maravilhosa deste país.

E uma das coisas que eu acabei, surpreendentemente adorando, foi poder ter o meu cantinho. O meu primeiro apartamento foi na Tailândia. Olha que coisa não?! 🤷🏽‍♀️😂

Mas a alma de viajante fala mais forte, mesmo “estabilizada” em uma cidade, eu sentia muita falta de viajar, então eu estava sempre buscando ir aqui ou ali em toda oportunidade, e numa dessas um amigo me ensinou o termo “train hop”, que significava a gente pegar um trem e parar em qualquer cidade aleatoriamente. Adorei. Adaptei. Trip hop.

Indo pra qualquer lugar por qualquer tempo de duração. As vezes um dia, as vezes um mês. Não precisava ser aaaaquela viagem especial, as vezes era só pra ir tomar uma cerveja na vila do lado.

Não era nada planejado, ou pesquisado. E algumas dessas viagens vieram de dentro de uma outra viagem 🤦🏽‍♀️😂 Tipo, eu to indo pro lugar “x”, aah gostei dessa cidadezinha aqui do lado, vou parar nela antes de ir.

Coisas assim.

E com coisas assim, nessa brincadeira de dar uma experimentada aqui e ali, que eu me apaixonei por um novo jeito de viajar. E porque não, de viver?


Receba novidades por e-mail!

Contribua com o meio ambiente

  • Leve seu lixo
  • Recolha lixo se for possível
  • PRESERVE SEMPRE A NATUREZA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.