Minha viagem de carro pra Al Hoceima, Marrocos

Tudo começou quando meu computador quebrou e eu, pessoa inteligente que sou, não tinha desbloqueado meu cartão pra usar em Marrocos.

Como eu trabalho online, ficar sem computador era a pior coisa que podia me acontecer, então num ato de bondade imensa, meus lindos amigos Abdul e o Zakarias, que trabalhavam no hostel, levaram ele pra concertar, enquanto eu chorava pro valor não ser uma facada, esses lindos tiveram a petulância de não me deixar pagar 🥰

Eu fiquei super agradecida e queria fazer algo por eles, então decidi fazer um site, e foi assim que eu conheci o Said, da SG Morocco Tours, que trabalha fazendo… tours por, adivinha? Marrocos! 😱

E ai quanto mais tempo eu passava ali, mais eu me apaixonava pelo país, e eu fiquei bastante tempo por lá, então imagina, quando eu fui expulsa pelo frio desgramado na Alemanha, eu nem pensei duas vezes antes de decidir voltar para Fez e ficar por ali trabalhando no hostel.

Uma das coisas que eu mais amava fazer por lá era os tour com os clientes pelas cidades ao redor. Eu viajando o mundo, arranjei um emprego pra viajar mais. Aaaah gente, muito boa essa vida.

Mas a melhor parte foi quando eu fui informada de que eu iria ir com o Said e o Zakarias em uma viagem pra sei lá onde, pra fazer sei lá o que. Assim, com todo esse tanto de informação eu decidi que a única coisa que uma pessoa sensata poderia fazer era a mala.

Dia seguinte, 5 da matina, todo mundo no carro.
Eu confesso que meu cérebro nem processou essa parte, pois eu sai da cama pra entrar no banco de trás do carro e dormir. Eu só fui acordar um par de horas mais tarde quando os meninos me acordaram pra ver o nascer do sol. Olha que coisa mais feia:

Gente eu amo o nascer / por do sol. Amo o céu, a lua, o sol, a paisagem, o cheiro, amo tudo, e viajando isso acabou se tornando uma das minhas rotinas sagradas.

Mas voltando, foi ai que eu descobri que a gente estava indo pra Al Hoceima, uma cidade litorânea de Marrocos, mas pra fazer o que, ainda era um mistério. Mas quem liga, o caminho era cercado de montanhas, de natureza, e névoa, e flores, e arvores, e arvores bem.. relax sabe, mari, verde, do bom, ganja, chá, cigarro do capeta, fino, manga rosa, birucitico, bomba, 4:20.
Se é que vc me entende 😜

Antes de chegar na cidade, a gente parou em algum lugar do mundo pra tomar café da manhã. E mano, café da manhã em Marrocos é outro nível. Sério. Os cara manja de café da manhã e de chá (todos os tipos aqui inclusos 😂 ).

Eventualmente a gente chegou num lugar, na beira do mar e desceu do carro, meu cérebro de Sherlock Homes deduziu que tínhamos chegado ao nosso misterioso destino. E não, eu não estava sendo levada para a Disneylandia, mas sim para uma universidade. 😳 Sabe, a minha facu era do lado de um bar e eu tinha imensa dificuldade em escolher qual dos dois frequentar, imagina se fosse do lado da praia. Gente, pode não!

Diploma em mãos, bora dar um rolê pela cidade.
Mirante, check. Orla, check. Cabritas, check.

A noite a gente passou na casa da tia do Said. Gente, eu sei que eu falei que eles entendem de chá e café da manhã, mas eles entendem mais ainda de hospedagem e jantar em família. Acho que nunca dei tanta risada em um jantar de família como naquele dia.

O dia seguinte foi pra voltar pra Fez, mas fazendo um caminho diferente, um pouco mais longo mas que compensava porque iriamos ver, além de um caminho lindo, a Gruta de Frioato, que é uma das grutas mais famosas da região.

O caminho até lá é lindo, a típica paisagem marroquina de montanhas rochosas. O tempo, naquele dia, estava nublado e frio, o que dava um ar típico de filme de suspense, ou de aventura, dependendo do seu estado mental ou preferência artística.

Quando chegamos no local, fomos recebidos por um vento gelado que nos acompanhou até a entrada desse lugar que era pra ser maravilhoso.
Mas que estava fechado para manutenção 🤦🏽‍♀️

Mas da nada não, o caminho em si é tão rodeado de natureza linda que já faz a viagem valer a pena, e o céu, como sempre, foi o que deu o maior espetáculo. Assim que escureceu uma lua gigante apareceu e continuou a iluminar nossos caminhos tortuosos ❤️, e nos acompanhou até voltarmos para nossa amada cidade de Fez.


Saiba mais sobre sobre Marrocos

Agende o melhor tour em Marrocos aqui!

Contribua com o meio ambiente

  • Leve seu lixo
  • Recolha lixo se for possível
  • PRESERVE SEMPRE A NATUREZA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *