Céu de Pirineus, Espanha

Maluuuco, essa trilha me matou hein. Primeiramente falaremos do ar rarefeito, ele existe e se esconde nas montanhas mais altas 🤣😂

Esse lugar é todo lindo, especialmente o céu, que foi uma das coisas que mais me deu forças pra terminar o caminho numa trilha que me ensinou respeito pela natureza, mas Respeito, Respeito mesmo.

Veja bem, eu sempre gostei de trilhas e respeitei a natureza. Nunca deixava meu lixo, catava uns pelo caminho, xingava quem sujava, coisas assim. Mas nessa trilha eu aprendi o respeito que vem da dor. É um respeito diferente, mais poderoso, que enche o pulmão de medo e o estômago de coragem.

Foram varias trilhas por ali mas a que mais me marcou foi uma que era 2.928 metros de altura, +/- 10 horas de subida até o topo e depois 7 de descida. A subida ok 😒, mas o problema foi a descida. Depois de ter dormido sem nem tirar a meia. 🤦🏽‍♀️ não me julguem, eu estava morrendo, acordar e colocar a bota direto sem trocar a mesma foi uma péssima ideia. Depois de um pouquinho de caminhada só, o baguiu foi ficando parecendo uma lixa, a cada passada era uma lixada em carne viva, e ainda mais na descida que era toda rochosa. MALUUUUCO que dor que é a vida!

E piora, no meio do caminho meu joelho resolveu dar uma de competitivo, começou numa dor desgraçada pra ver se conseguia doer mais que o pé. Que cacete de agulha mano!

Quando eu finalmente consegui terminar a trilha, sentei no carro com os pés cheios de bolha em cima de bolha, a meia seca e dura de tanto sangue seco, os joelhos doendo que parecia que tinha uma britadeira em cima.

Olhei pra montanha esperando sentir ódio, tudo no meu corpo doía.
Mas o que eu senti foi respeito. Um baita de um respeito. Como que se fosse uma entidade ali mesmo, me olhando de volta. E ai me bateu um orgulho, um sentimento de capacidade que foi lindo.


✉️ Quer receber mais histórias de viagem no seu e-mail?
Se inscreva aqui

Contribua com o meio ambiente

  • Leve seu lixo
  • Recolha lixo se for possível
  • PRESERVE SEMPRE A NATUREZA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *