Brasil: São Thomé das Letras. MG

A lenda:

O nome da cidade surgiu da lenda do escravo João Antão que cansado dos maus tratos de seu amo fugiu e se refugiou em uma gruta no alto da serra. Um dia um senhor de vestes brancas lhe apareceu e disse que se este entregasse um bilhete para seu capitão ele seria perdoado. O capitão ao pegar o bilhete foi até a gruta e encontrou uma imagem de São Tomé entalhada em madeira, por ser um homem profundamente religioso recolheu a imagem e a levou para casa, porém esta sumiu e reapareceu na gruta por várias vezes. Além da imagem do santo, várias inscrições rupestres foram encontradas na entrada da gruta, não se sabe se foram feitas pelos índios cataguases, antigos moradores da região, ou se são palavras deixadas pelo santo.

Algumas pessoas acreditam que São Tomé seja um dos sete pontos energéticos da Terra, por isso é conhecida como a “Cidade Mística”.

Roteiro, pra acordar cedo hein

Dia 1 – Labirinto, poço azul e gruta da bruxa

Dia 2 – Cachoeira da Lua e Sobradinho

Dia 3 – Ladeira do amendoim, Cachoeira de são thomé, Garganta do diabo e Vale das borboletas

GRUTA SÃO THOMÉ 

Foi nessa gruta, que fica ao lado da Igreja Matriz, que se originou a história da cidade onde o escravo João Antãose escondeu de seu amo quando o santo São Thomé aparaceu para ele e deixou as escrituras rupestres e as pinturas como marca de sua visita, originando o nome da cidade: São Thomé das Letras.

Obs:  o legal é a parte de cima da gruta, da onde você pode ver toda a cidade. Na saída da gruta a esquerda tem uma escada para acesso.

CASA DA PIRÂMIDE

Ponto de referência da cidade, denominada pirâmide pelo formato arquitetônico adotado em sua construção, ninguém define ao certo os motivos que levaram à edificação de um projeto tão moderno e arrojado naquele local e o porquê do abandono do local, mas podemos afirmar que a vista rende ótimos registros fotográficos. O lugar também é usado para a pratica de meditação, exercícios mentais e terapias alternativas, além de haver diversos relatos de pessoas que afirma terem visto ÓVNIS e seres extra-terrestres no local.

Obs: O melhor pôr-do-sol da cidade além de oferecer uma visão 360º da região.

PEDRA DA BRUXA

É uma  formação rochosa que lembra a face de uma bruxa.
Deve-se tomar bastante cuidado ao subir, e mesmo no seu topo pois venta bastante.
Mas possui uma visão da cidade por completo, além de que ver o por e nascer do sol de lá é fenomenal.

Atividades: Escalada

CACHOEIRA VÉU DA NOIVA

Com quedas de aproximadamente 8 metros de altura e com uma boa profundidade permite saltos de várias alturas. Além de ter uma piscina natural perfeita para banhos. A pequena praia em meio às pedras é  bem concorrida.

Localização: a 12 km da cidade na estrada que vai para Baependi

GRUTA E CACHOEIRA DO SOBRADINHO

O acesso as cachoeiras é feito através de uma caverna que já sai diretamente em uma das primeiras quedas da cachoeira.
As quedas são pequenas mas é um espaço muito bonito, formado por 3 quedas principais e pequenos lagos aonde você pode tomar banho e relaxar nas quedas. No local é possível almoçar e visitar outras atrações.

Para chegar: Entrada no km 16 da estrada para Sobradinho a uns 10km da cidade

Valor: R$ 15,00 para preservação do local

CACHOEIRA SHANGRI-LÁ

É a maior corredeira de São Thomé das Letras, e possui um conjunto de pequenas quedas-d água ideais para banho.

Acesso: a cerca de 4 km  da cidade com acesso é pela estrada para Três Corações (18 km).

GRUTA DO CARIMBADO

Até hoje ninguém chegou ao fim da caverna, porém os primeiros 150m do percurso são acessíveis. A trilha até o lugar é cerca de uma hora.
Há uma lenda que a caverna vai até Machu Picchu e com o povo Inca do Peru, e que existe a possibilidade da existência de uma civilização intra-terrestre com acesso pela gruta. Nunca alguém conseguiu chegar até o fim da Gruta do Carimbado. Os místicos de dizem que a gruta pode ser um portal para outras dimensões, sendo este local um ponto de fortes energias telúricas.

Recomendo fortemente ir com guia pois há varias histórias de pessoas que se perderam. Ou foram abduzidas, depende da interpretação.

Acesso: pela estrada para Três Corações.

VALE DAS BORBOLETAS

É a atração mais próxima da cidade, e tem uma bela cachoeira. Sendo um pouco forte em épocas de chuvam mas em outras épocas é como se fosse um chuveiro natural. O lago formado em baixo da queda d’agua é de areia e pedras, sendo possível nadar na parte superior

Atividades: trilha e cachoeiras

Acesso: Fica no km 2,5 da estrada para Três Corações e depois com uma pequena caminhada

CACHOEIRA DA EUBIOSE

Cachoeira bem famosa da cidade, ótima para ir com a família, não é muito profunda e esta a apenas 2,5 km  de distância da cidade.
Ela possui esse nome devido à Sociedade Brasileira de Eubiose, proprietária da área no entorno.

CACHOEIRA ANTARES

Também conhecida com o nome de “Cachoeira da Conquista” essa é um pouco mais longe da cidade, mas vale a pena. Na parte de cima da cachoeira  tem uma outra queda bem bonita e um poço bacana pra ficar. É um bom lugar pra curtir e tomar uma gostosa e revigorante ducha.

Acesso: a 15km da cidade em um desvio da estrada que leva para Conceição do Rio Verde. 

CACHOEIRA DO FLÁVIO

É uma cachoeira para ir com a família pois os poços são rasos e a água é límpida e calma aonde você pode tomar uma ducha e relaxar a vontade.
Local de acesso fácil, ideal para crianças e galera da terceira idade. 

CACHOEIRA DA LUA

Foto: 100 dias

Tem esse nome devido ao reflexo que a lua cheia tem sobre as pedras e a água o que deixa o local mais que encantado.
O lugar é ótimo para nadar e a sua profundidade permite realizar saltos das árvores e de uma corda instalada no local.

Acesso: A 7km da cidade de São Thomé das Letras, no caminho para Sobradinho.

CACHOEIRA SÃO THOMÉ

É mais visitada por moradores das redondezas, e tem um espaço ótimo para nadar e fazer boia cross. Ótimo para passar o dia.

Atividades: boiacross

GRUTA DO LABIRINTO

Com 7 entradas, a Gruta tem um formato meio que circular, porém as 7 entradas e o trajeto pode ser meio confuso mas nada muito difícil.
Possui diversas fendas, formatos rochosos e pequenos salões.
Vale tentar encontrar todas as saídas da gruta e depois voltar pela entrada, sendo que algumas das saídas são praticamente um buraco na terra.

Acesso: pela estrada do Sobradinho siga a estrada até encontrar as placas para a Gruta do Labirinto.

LAGO AZUL

Logo do lado da gruta do labirinto você encontra o lago. Ele tem mais ou menos 15m de profundidade, mas com as bordas cercadas por rochas,  também é ótimo para saltar de mergulhos em alguns lugares direto para o meio do lago

GARGANTA DO DIABO

Ela possui um acesso mais difícil, para chegar ao local é necessário fazer uma escalaminhada e andar no meio do rio, mas relaxa que não é nada muito difícil. Esta é uma das cachoeiras mais belas de toda região com aproximadamente 30 metros de queda. E fica do lado do Vale das borboletas.

Atividades: trilha, escada nível fácil, cachoeira

Acesso: saindo da cidade e seguindo as placas de Tres corações, você deve seguir por mais 2 km e ficar atento as placas e entrar no local indicado a sua esquerda.

GRUTA DA BRUXA

Localizada bem mais distante do centro da cidade, podemos dividir em duas grutas, a primeira, que deve ser feita apenas com guia, é só para os aventureiros, pois já na entrada da gruta você deve fazer um rapel no escuro mesmo, e continuar andando e engatinhando por túneis e passagens até a sua saída.

Perto dessa gruta há uma queda d’agua que tem uma entrada mais tranquila, e por ter bem menos visitantes é também muito bem preservada.

Atividades: trilha, rapel. cachoeiras

IGREJA MATRIZ

Construída por volta de 1785 substituindo a pequena cape construída por ocasião do episódio que deu origem à cidade. Por fora, carrega o estilo barroco mineiro. Seu interior é ornamentado em estilo rococó, com temas evangélicos enriquecidos com motivos angelicais. O destaque vai para sua nave central, cujo afresco retrata Jesus Cristo cercado pelos apóstolos, com São Tomé ajoelhado a seus pés, obra do artista Joaquim José da Natividade. A Igreja é tombada como patrimônio histórico estadual.

IGREJA DO ROSÁRIO ou IGREJA DE PEDRA

Também conhecida como Igreja de Pedra, ela não possui muitos dados históricos. Iniciada no século XVIII pelos escravos, permaneceu por um longo período inacabada. Seu interior não apresenta nenhuma obra artística, mas sua arquitetura, com pedras sobrepostas uma a uma, é típica de São Thomé das Letras. Em outubro de 1995, foi finalmente entregue ao público e hoje é tombada como patrimônio histórico estadual.


Agora você esta pronto pra ir!
Mas confere como foi a minha viagem primeiro

Contribua com o meio ambiente

  • Leve seu lixo
  • Recolha lixo se for possível
  • PRESERVE SEMPRE A NATUREZA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Top

Warning: Unknown: open(/var/lib/php-cgi/session/sess_ug61k6iajio2kled4vnt47eks1, O_RDWR) failed: No such file or directory (2) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/var/lib/php-cgi/session) in Unknown on line 0